Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
11





Partilhe esta Página

                                             

                            

 

 

 


Nunca me Sonharam / Documentário de Cacau Rohden
Nunca me Sonharam / Documentário de Cacau Rohden

DOCUMENTÁRIO ABORDA A EDUCAÇÃO PÚBLICA NO BRASIL

 

NUNCA ME SONHARAM, de Cacau Rhoden – Documentário, Brasil, 2017, 96 min.

 

Em cartaz no espaço Itaú 2, com sessão às 18h, o documentário NUNCA ME SONHARAM coloca em discussão um dos temas mais urgentes no Brasil. O diretor Cacau Rhoden percorreu 10 Estados do país e ouviu de estudantes, professores, gestores e especialistas no tema os desafios do presente e as expectativas para o futuro de quem vive a realidade do Ensino Médio nas escolas públicas do país.

 

Perpassando questões graves como carência social e negligência política, o filme ilumina uma realidade que compreende mais de 80% dos jovens que estudam no Brasil. “Fui investigar em que condições se dá o Ensino Médio nas escolas públicas e por que os jovens estão abandonando a escola. Ao dar voz aos jovens, percebemos que, apesar de todas as adversidades enfrentadas, eles estão se autoproclamando protagonistas de seus caminhos”, explica Rhoden na plataforma digital do projeto (video-camp.com/pt/movies/nuncamesonharam, na qual o documentário pode ser assistido gratuitamente por professores cadastrados e moradores de cidades onde não está em cartaz).

 

O título do filme vem da declaração de um estudante de Nova Olinda, no interior do Ceará, sobre seu esforço em driblar o destino dos pais: “Para eles, o máximo era terminar o Ensino Médio e arrumar um emprego. Acho que nunca me sonharam sendo um psicólogo, nunca me sonharam sendo professor, nunca me sonharam sendo um médico, não me sonharam. Eles não sonhavam e nunca me ensinaram a sonhar”.

 

TRAILER: https://www.youtube.com/watch?v=KB-GVV68U5s

 

Fonte: ZeroHora/2º Caderno em 18/06/2017.