Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
12





                                             

                            

 

 

 


Premiação Jabuti 2018
Premiação Jabuti 2018

PREMIAÇÃO JABUTI 2018

 

ANUNCIADOS OS VENCEDORES DO PRÊMIO JABUTI 2018

 

Foram anunciados ontem (em 8 de novembro) os vencedores da 60ª edição do Prêmio Jabuti, a mais tradicional premiação literária do Brasil, em uma cerimônia com a apresentação do jornalista Serginho Groisman. A solenidade também foi marcada por uma homenagem pelo conjunto da carreira ao poeta Thiago de Mello, de 92 anos.

 

A gaúcha Carol Bensimon foi a premiada na categoria mais concorrida, a de Romance, por O CLUBE DOS JARDINEIROS DE FUMAÇA, narrativa que acompanha as andanças de um brasileiro em crise pessoal que se muda para a Califórnia para plantar maconha, legalizada no Estado americano.

 

Veja artigo em: https://www.almanaqueliterario.com/o-clube-dos-jardineiros-de-fumaca-carol-bensimon

 

 

 

O Jabuti deste ano notabilizou-se por premiar, nas principais categorias artísticas, jovens autores em vez de medalhões. Em Contos, venceu a paulista Maria Fernanda Elias Maglio, por ENFIM, IMPERATRIZ. O Livro do Ano em literatura foi À CIDADE, do cearense Mailson Furtado Viana, que, com uma edição independente, também já havia vencido na categoria Poesia.

 

- Esse foi um livro que eu diagramei, editei, até o desenho da capa é meu – comentou o poeta ao receber o troféu – e completou: - esse prêmio vem abrir um pouco a janela para enxergarmos essa literatura que se faz sozinho, independente.

 

Este ano, a entidade promotora, a Câmara Brasileira do Livro (CBL), anunciou mudanças na premiação. As categorias foram divididas em quatro “eixos”: Literatura, para aspectos artísticos; Ensaios, concentrada em obras de não ficção (esta e a anterior são as únicas que concorrem a Livro do Ano): Livro, para aspectos técnicos; e Inovação, para iniciativas especiais. Com isso, categorias foram criadas, como a de Impressão, entregue a editores e gráficas, enquanto outras foram fundidas (como Infantil e Juvenil, tornadas uma só) ou modificadas – a categoria Ilustração foi para o eixo técn

Na nova categoria dedicada a livros brasileiros publicados no Exterior, venceu a atriz e escritora Fernanda Torres, com a edição americana de seu romance de estreia FIM.

 

AS PRINCIPAIS CATEGORIAS

 

EIXO LITERATURA

 

Conto

ENFIM, IMPERATRIZ, de Maria Fernanda Elias Maglio.

 

Crônica

O POETA E OUTRAS CRÔNICAS DE LITERATURA E VIDA, de Rubem Braga, André Seffrin e Gustavo Henrique Tuna.

 

Histórias em Quadrinhos

ANGOLA JANGA, de Marcello D’Salete.

 

Leia artigo em: https://www.almanaqueliterario.com/angola-janga-uma-historia-de-palmares-m-dsalete

 

e também em: https://www.almanaqueliterario.com/marcelo-dsalete-e-o-premiado-cumbe

 

 

Infantil e Juvenil

O BRASIL DOS DINOSSAUROS, de Luiz Eduardo Anelli e Rodolfo Nogueira.

 

Poesia (e Livro do Ano)

À CIDADE, de Mailson Furtado Viana.

 

Romance

O CLUBE DOS JARDINEIROS DE FUMAÇA, de Carol Bensimon.

 

Tradução

Fábio Bonillo por O MACACO E A ESSÊNCIA, de Aldous Huxley, e Geraldo Holanda Cavalcanti, por POEMAS, de Giuseppe Ungaretti.

 

 

EIXO ENSAIOS

 

Artes

IMAGINAI!, O TEATRO DE GABRIEL VILLELA, de Dib Carneiro Neto e Rodrigo Louçana Audi.

 

Biografia

ROQUETTE-PINTO: O CORPO A CORPO COM O BRASIL, de Claudio Bojunga.

 

Ciências

AS MARAVILHOSAS UTILIDADES DA GEOMETRIA, de Adalberto Ramon-Valderrama Gerbasi.

 

Humanidades

DEMOCRACIA TROPICAL, de Fernando Gabeira.

 

 

EIXO LIVRO

 

Capa

Carla F. Fontana, por O COREGO.

 

Ilustração

Nelson Cruz, por OS TRABALHOS DA MÃO, de Alfredo Bosi

 

Projeto Gráfico

Luciana Facchini, por CONFLITOS: FOTOGRAFIA E VIOLÊNCIA POLÍTICA NO BRASIL (1889-1964).

 

EIXO INOVAÇÃO

 

Livro Brasileiro no Exterior

FIM, de Fernanda Torres, na edição americana.

 

Fonte: Zero Hora em 09/11/2018