Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
2





                                              

                            

 

 

 


Projeto TranformaLivro
Projeto TranformaLivro

A METAMORFOSE DA LEITURA

 

RESPONSABILIDADE SOCIAL:  PROJETO TRANSFORMALIVRO REALIZA SARAUS EM BIBLIOTECAS COMUNITÁRIAS DE PORTO ALEGRE.

 

“Livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas.  Os livros só mudam as pessoas.”  A frase é do poeta Mario Quintana e caminha lado a lado com o TransformaLivro.  Com o objetivo de mostrar o livro como uma ferramenta de transformação da sociedade e das pessoas que nela vivem, o projeto surgiu de uma parceria da Multiplo.X, uma consultoria de inteligência social, e do estúdio de comunicação Inverno.

 

A arrecadação de livros por doações foi o primeiro passo do TransformaLivro.  Entre os meses de setembro a novembro do ano passado foram espalhados por Porto Alegre 37 pontos para arrecadação.  No período foram recebidos cerca de 4 mil exemplares, que agora estão sendo doados a bibliotecas da periferia da capital.

 

“Queremos que os livros circulem, eles não podem sair da prateleira da minha casa e ficar parados em outra prateleira”, aponta uma das idealizadoras do projeto, Laís Webber.  Todas as bibliotecas que receberam ou receberão os livros são comunitárias, porém mesmo as pessoas que não fazem parte da comunidade podem ter acesso às obras.

 

A falta de livros atualizados nas prateleiras das bibliotecas é o motivo de cerca de 20% dos brasileiros não frequentar os locais.  O dado é da pesquisa Retratos da leitura no Brasil, realizado em 2011 pelo Instituto Pró-Livro.  Foram entrevistadas 5.012 pessoas em 315 municípios de todos os estados brasileiros, sendo 51% dos consultados pertencentes à Classe C.  O levantamento mostra, ainda, que, em 2007, o número de livros lidos por habitante da região Sul era de 5,5 e, em 2011, caiu para 4,2.

 

Com o intuito de mudar esses dados, desde o mês passado, o TransformaLivro, em parceria com o projeto Redes de Leitura, vinculado à ONG Cirandar, está promovendo saraus em algumas bibliotecas que irão receber as doações.  Com o tema “A transformação social por meio da leitura”, a ideia é entregar os livros no dia do sarau e realizar leitura juntamente com os moradores da comunidade.  Serão lidas poesias relacionadas à sociedade, à leitura e à transformação         que a mesma promove.  “O objetivo é gerar um debate junto com as pessoas sobre o assunto.  Nossa ideia é que todos aprendam juntos”, ressalta Caio Webber, outro idealizador do projeto.

 

O primeiro sarau foi realizado na Biblioteca Comunitária Visão Periférica, na Vila Laranjeiras.  A importância da leitura e da responsabilidade da biblioteca ao indicar livros para as pessoas foram alguns dos assuntos em pauta, além da comparação da leitura no papel ou no computador e a utilização do livro como uma fonte de consulta, mesmo em tempos de internet.  Ainda segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, em 2011, 54% das pessoas não acessavam a internet com frequência no País.

 

Segundo a bibliotecária da ONG, Camila Pressino, as doações são basicamente a única forma de ampliar e diversificar o acervo de livros para as pessoas que frequentam os locais.  “O sarau é uma forma dos frequentadores verem os livros sendo utilizados com o material cultural, não lendo só para si, mas para os outros também”, ressalta Camila.

 

No último sábado, a Biblioteca Comunitária Chocolatão recebeu a segunda edição do evento.  As próximas bibliotecas comunitárias a receberem o Sarau da TransformaLivro serão Aninha Peixoto, Arvoredo e Ilê Ará.  As datas podem ser consultadas na página do Facebook da TransformaLivro:  https://www.facebook.com/transformalivro/.

 

 

Fonte:  Jornal do Comércio/Empresas&Negócios/Maria Eugenia Bofill (empresasenegocios@jornaldocomercio.com.br) em 22/08/2016.