Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
5





                                              

                            

 

 

 


O Que é Literatura?
O Que é Literatura?

LITERATURA

 

Literatura é a forma de expressar por escrito todo o processo histórico social do momento, com muitos efeitos especiais.  Escritores buscam transmitir no texto sua visão da realidade com muita emoção.

Uma coisa é escrever como poeta, outra como historiador:  o poeta pode contar ou cantar coisas, não como foram mas como deveriam ter sido, enquanto o historiador deve relata-las não como deveriam ter sido, mas como foram, sem acrescentar ou subtrair da verdade o que quer que seja.”  (Miguel de Cervantes-Dom Quixote de La Mancha)

A forma de escrever um texto não possui regras fixas, o autor manipula as palavras de forma a explorar a intelectualidade dos leitores, que podem dar diferentes interpretações, dependendo de sua formação cultural.

O escritor, quanto ao conteúdo e estrutura, pode variar o gênero.  Alguns autores classificam em três ou quatro os gêneros literários, que por sua vez subdividem-se também conforme o teor.

 

LÍRICO

Esta palavra vem do grego “lira”, que foi um instrumento musical de cordas muito usado durante a Idade Média, em que o poeta-escritor contava ou cantava suas obras (ao som desse instrumento).

Neste tipo de gênero vigora a exaltação do “eu”, em que o autor fala do amor, da saudade, da morte, da solidão, despertando o lado emocional do leitor.

Este gênero manifesta-se através da poesia e da prosa.  Os poemas dividem-se quanto ao teor e estrutura:

ODE:  poesia de exaltação.

ELEGIA:  fala de fatos tristes.

IDÍLIO:  poesias pastoris.

SÁTIRA:  poesia que ridiculariza características do comportamento humano.

SONETO:  que é uma composição de 14 versos distribuídos em  2 quartetos e 2 tercetos, rica em métrica.

CANÇÃO:  pequeno poema, popular, simples, de teor variado.

ACALANTO:  canto destinado a embalar o sono.

ACRÓSTICO:  as letras iniciais formando o nome de uma pessoa compõem um verso.

 

DRAMÁTICO

É a encenação de um texto; o autor escreve em prosa ou verso acontecimentos do momento ou comportamentos sociais para que o público / espectador seja sensibilizado e reflita.  Os atores representam pessoas comuns ou heróis e seus feitos, cenários e sons.

Dentre esse gênero temos:

Tragédia:  descreve ações humanas que geram medo ou piedade, levando o espectador a refletir sobre seus atos.

Comédia:  é a criação de um texto crítico que leva o espectador a rir pelo ridículo das ações cometidas pelo homem na sociedade.

Farsa:  é um texto menor do que a comédia, mas muito parecido no seu teor; um número menor de atores encenam ou caricaturam costumes da sociedade.

Auto:  um texto também pequeno mas de cunho religioso, em que os atores representam entidades simbólicas (a hipocrisia, a virtude, a avareza, etc.).

 

ÉPICO

Neste gênero o autor descreve, na epopeia, fatos históricos heroicos realizados pelos seres humanos.  É sempre um tema grandioso que retrata a vida de um povo.

 

NARRATIVO

Narrativa:  neste tipo de literatura o autor pode ser um simples narrador da história ou um narrador – personagem.  Neste gênero o escritor conta uma história de ficção em que há personagens que atuam em local e tempo  determinados.

As formas de narrativa são:

Romance:  é uma trama que se desenvolve de acordo com a ênfase dada pelo escritor: policial, aventureiro, de comportamentos psicológicos ou sociais, etc.

Novela:  uma narração mais curta, centrada ou seriada num foco de atenção apenas.

Conto:  Uma narrativa ainda mais breve que a novela, porém não seriada e também com um foco de atenção apenas.

Pesquisa e Postagem/Nell Morato