Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
6





                                              

                            

 

 

 


História Sem Fim
História Sem Fim

HISTÓRIA SEM FIM

 

NOVO HARRY POTTER RETOMA UM DOS MAIORES FENÔMENOS LITERÁRIOS.

CONSIDERADO O OITAVO TÍTULO DA SÉRIE, LIVRO ESTÁ PREVISTO PARA JULHO.

 

Em 2016, a estreia da saga HARRY POTTER nos cinemas completa 15 anos.  Desde o primeiro livro de J. K. Rowling, lá se vão quase duas décadas.  Mas o tempo parece não ter passado para o menino bruxo:  o fenômeno se renova a cada ano e, agora, os fãs estão à espera de HARRY POTTER AND THE CURSED CHILD, considerado o oitavo título da série.  O anúncio da nova obra em versões digital e impressa, com lançamento previsto para 31 de julho (aniversário da autora e do protagonista), agitou os pottermaníacos e também intrigou os apaixonados pela coleção.

 

 

J.K. teve de explicar mais de uma vez nas redes sociais:  não é um romance, muito menos uma história anterior ao primeiro livro.  É, sim, o texto da peça de teatro homônima, que estreia em julho deste ano – o espetáculo é baseado em uma nova história criada por J.K.. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany.  O que se sabe até agora é que o enredo também dará protagonismo a Alvo Severo, segundo filho de Harry, que precisa lidar com o peso do legado familiar.  Dezenove anos depois da batalha de Hogwarts, o esposo de Gina se tornou um funcionário do Ministério da Magia, mas segue lutando contra um passado que se recusa a ficar para trás.  Pai e filho terão de enfrentar a escuridão que virá de lugares inesperados.

- Estou meio dividido com esse livro, não quero criar muita expectativa.  A J.K.Rowling colaborou, mas não foi só ela que escreveu.  Alguns fãs acham que ela deveria lançar um novo romance, ou não fazer nada.  Acho que pode até decepcionar quem não está esperando por um script, mas eu encaro como o oitavo livro mesmo, acredito na autora – conta o fã Marcelo Neves, um dos criadores do site Potterish, que está entre os principais  portais brasileiros sobre Harry Potter.

 

 

 

NOVIDADES DA SAGA TAMBÉM NO CINEMA

Auge das novidades divulgadas nos últimos anos, o lançamento do volume inédito é um exemplo de como a saga se mantém viva em diferentes frentes com o passar dos anos:  de parques temáticos e obras literárias e cinematográficas inspiradas na série.  Ativa nas redes sociais, J.K. se esforça para continuar próxima aos fãs, sempre prometendo novidades sobre o mundo de Potter – além do espetáculo e do novo livro, neste ano também estreia o longa-metragem spin-off ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM.  Essa relação com  o público é primordial para a história ganhar sobrevida a cada dia, explica Regina Zilberman, professora da UFRGS e pesquisadora da área infanto-juvenil:

- É um esforço dela, afinal, ela é profissional.  Mantém a história viva pelos instrumentos que tem à disposição.  A autora estimula, alimentando o processo, há o mercado que tem interesse e, por fim, existem os fãs da história, seus seguidores.

O fenômeno de proporções internacionais – que influenciou mais de uma geração de leitores – e a contribuição para a redescoberta do gênero fantasy fiction nos anos 1990 fizeram HARRY POTTER entrar para a lista dos principais livros infanto-juvenis das últimas décadas.  O personagem também abriu espaço para outras obras desse mesmo estilo.

- Ele é clássico no sentido de que formou um público e fomentou uma corrente que é muito forte na literatura contemporânea.  Dá até para fazer um paralelo:  o que oi Monteiro Lobato nos anos 1950 é a Rowling desde o final dos anos 1990.  Uma geração de leitores se formou com HARRY POTTER – avalia Regina.

Ainda não há uma data certa para a versão traduzida de HARRY POTTER AND THE CURSED CHILD chegar ao Brasil.  A boa notícia é que o título já está para pré-venda, em inglês, em livrarias como Saraiva e Cultura, além do iBooks.  Depois, ainda será lançado um a edição definitiva de colecionador.

 

 

 

POR ONDE ELES ANDAM?

Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint deram vida no cinema ao trio de bruxos mais famoso da literatura infanto-juvenil nos últimos anos.  Saiba como cada um seguiu na carreira após o término dos longas da saga HARRY POTTER.

 

DANIEL RADCLIFFE (HARRY POTTER)

O ator participou de diferentes produções, mas ainda tenta se desvencilhar do legado do personagem.  No auge da saga, surpreendeu os fãs ao ficar nu no palco para encenar a peça EQUUS, que estreou em 2007.   Já em 2012, estrelou o filme de terror A MULHER DE PRETO e, em seguida, protagonizou a comédia romântica SERÁ QUE?.  Também teve trabalhos na TV, como DIÁRIO DE UM JOVEM MÉDICO.  Recentemente, esteve em VICTOR FRANKENSTEIN (2015).  Neste ano, participará dos longas SWISS ARMY MAN e TRUQUE DE MESTRE 2.

 

EMMA WATSON (HERMIONE GRANGER)

Entre os três atores principais de HARRY POTTER, Emma Watson certamente foi a que despontou com mais força após o término da saga.  Elogiada pela crítica, a eterna Hermione estrelou longas como AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL e BLING RING: A GANGUE DE HOLLYWOOD.  Em 2014, esteve no elenco da história bíblica NOÉ.  Em breve, deve aparecer no filme THE CIRCLE e em uma nova versão de A BELA E A FERA.  Ela também foi convidada recentemente para ser professora visitante na Universidade de Oxford, na Inglaterra.

 

RUPERT GRINT (RONY WESLEY)

O ator não engrenou na carreira depois da atuação em HARRY POTTER.  Chegou a participar de outros longas, mas sem papéis de muita expressão.  Esteve no elenco da comédia MATADOR EM PERIGO, foi protagonista de CHERRYBOMB e também estrelou o drama ENTRE INIMIGOS, além de outras produções.  Sua próxima atuação será em MOONWALKERS, com estreia prevista para este ano.

 

Fonte:  ZeroHora/Nathália Carapeços (Nathalia.carapecos@zerohora.com.br) com colaboração de Vitória Lemos em 7 de março de 2016.