Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
19





                                              

                            

 

 

 


Hegemonia Mundial e Evolução Humana
Hegemonia Mundial e Evolução Humana

HEGEMONIA MUNDIAL E EVOLUÇÃO HUMANA         

 

AS RODAS DA FORTUNA:  ESPIRAL DA ETERNIDADE – PARTE II (Editora AGE, 302 páginas)  é a obra mais recente do escritor, engenheiro, empresário, cientista político e professor Felipe Daiello, autor de 10 livros publicados e que tem viajado pelo mundo, buscando novas experiências e conhecimentos.

 

Daiello escreveu obras como o romance de aventuras A Revolução dos Velhos (Manual para alcançar a felicidade e a realização na vida madura) e Enfrentando os Tubarões, com preciosas lições de sobrevivências para esses nossos tempos turbulentos.  Depois de alguns livros infantis, Daiello lançou os contos eróticos que estão na obra Os Segredos da Fechadura.

 

As Rodas da Fortuna, que será (foi) lançado na livraria Cameron do Shopping Bourbon Wallig, fala sobre a hegemonia mundial, trata dos jogos políticos, das ideologias e da evolução do conhecimento humano.  Ao mesmo tempo envolvente e crítico, o texto, ao tratar de novelas históricas, traz a cena para os dias atuais ao abordar o caso pesadelo Petrobras e mostra o caminho do dinheiro e dos ciclos de poder ao longo dos séculos.  O livro é um complemento da trilogia iniciada em 2009 com a obra Enfrentando os Tubarões.

 

Na apresentação, o escritor e pensador Percival Pugina registra: “autor e viajor, Felipe Daiello roda mundo com a acuidade e a prontidão do bom estudante.  Não apenas lê.  Vai e vê.  Sente a história como algo que flui.  E nesse corpo fluido de eventos dá vida a personagens que multiplicam seus pontos de vista.  Aqui ele contempla o girar das rodas da fortuna.  Por essas coisas do pensamento, vieram-me à mente aqueles jogos de armar nos quais uma tela inteira vem num saquinho de muitas peças misturadas para que, laboriosamente, o conjunto seja remontado... O leitor de As Rodas da Fortuna – Parte II conhecerá histórias incomuns, apresentadas como recortes da grande experiência humana”.

 

Em síntese, o livro do professor Daiello mostra indivíduos, sociedades e nações que se desenvolveram mesmo enfrentando dificuldades, superando obstáculos, guerras e catástrofes.  A obra destaca a evolução do conhecimento, à medida em que o universo se expande, e indica que a humanidade tem pressa de alcançar o seu futuro.  Daiello contempla o girar das rodas da fortuna, que andam para frente, não se desviam para a  direita ou para a esquerda, mas podem, por erros ou decisões equivocadas, travar ou m esmo, em giro contrário, esmagar os incompetentes e alienados.

 

Daiello alerta que muitos dirigentes e políticos, por decisões erradas e/ou ideologias fanáticas, tentam travar as rodas,  causando prejuízos por má gestão e corrupção.

 

Fonte:  Jornal do Comércio / Jaime Cimenti (jcimenti@terra.com.br) em 1º de maio de 2016.