Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
9





                                              

                            

 

 

 


Dois Projetos Gaúchos são Contemplados no Rumos
Dois Projetos Gaúchos são Contemplados no Rumos

DOIS PROJETOS GAÚCHOS SÃO CONTEMPLADOS NO RUMOS

 

CULTURA:  INICIATIVA DO ITAÚ CULTURAL VAI APOIAR TRABALHOS DA CINEASTA LILIANA SULZBACH E DO GRUPO TEATRAL ÓI NÓIS AQUI TRAVEIZ.

 

Um dos mais importantes programas de fomento à produção artística no Brasil, o Rumos Itaú Cultural divulgou na segunda-feira os selecionados da sua 17ª edição, que conta com R$ 15,5 milhões de verba.  Do Rio Grande do Sul foram contemplados dois projetos:  CALIBAN – APONTAMENTOS SOBRE O TEATRO DE NUESTRA AMÉRICA, do grupo teatral Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, e A CIDADE INVENTADA – VERSÃO EXPANDIDA E INTERNACIONAL, documentário de Liliana Sulzbach realizado pela produtora Tempo Porto Alegre.  Houve um crescimento da verba destinada ao projeto em 2016: a edição anterior contou com R$ 13,5 milhões para o fomento.

 

O anúncio foi realizado em coletiva de imprensa na sede do Itaú Cultural, na Avenida Paulista, em São Paulo, para jornalistas de veículos de todo o país.  No total, foram avaliados 12.126 projetos aptos a concorrer, sendo 117 os selecionados, representantes de 25 Estados.  São Paulo teve maior número de contemplados, com 34 (29,3% do total); seguido por Rio de Janeiro, com 16 (13,8%); Minas Gerais, com 10 (8,6%); Bahia, com 8 (6,9%); Pernambuco, com seis (5,1%); e Pará, com cinco (4,3%).

 

Os projetos foram inscritos em três categorias: Criação e desenvolvimento (concepção e/ou desenvolvimento de projetos artístico-culturais), documentação (organização e preservação de acervos relacionados à arte e à cultura brasileiras) e pesquisa (desenvolvimento de pesquisas em arte e cultura brasileiras).  O maior número de propostas está em audiovisual/documentário (48), patrimônio e memória (45), artes visuais (40), formação (30) e música (28).

 

 

A CIDADE INVENTADA – VERSÃO EXPANDIDA E INTERNACIONAL contempla os trabalhos que Liliana já realizou sobre o vilarejo-hospital localizado a 60 quilômetros de Porto Alegre, construído em 1940 para abrigar e isolar portadores de hanseníase (lepra).  Chegou a ter mais de mil habitantes.  Hoje restam ali pouco mais de 30.  O novo projeto dará continuidade ao curta-metragem A CIDADE (2013), premiado em festivais no Brasil e Exterior e exibido em salas de cinema, e ao webdocumentário interativo A CIDADE INVENTADA (2014).

 

 

Já CALIBAN – APONTAMENTOS SOBRE O TEATRO DE NUESTRA AMÉRICA é um trabalho desenvolvido por um dos mais importantes grupos teatrais do Estado, o Ói Nóis Aqui Traveiz, que está à frente do espaço cultural Terreiro da Tribo e é reconhecido também por sua atuação na área da pesquisa que realiza desde os anos 1970.  A iniciativa aprovada prevê intercâmbio cultural com Cuba.

 

Diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron destacou a importância dada pelo programa a propostas experimentais que envolvam o contexto social onde se realizam:

 

- O Rumos não é patrocínio, mas parceria.  Mais importante não é a obra acabada, como um produto ou objeto, mas o processo artístico e como os projetos mobilizam seu entorno.

 

Também foi destacado o grande número de projetos envolvendo questões raciais, de gênero e comunidades isoladas.  Outro aspecto ressaltado foram as propostas dos chamados artistas viajantes, que promovem intercâmbios entre diferentes culturas da América Latina ou de países relacionados à história brasileira.

 

- Questões geográficas não são pressupostos do Rumos, mas sim o desejo de diversidade e alcance – observou Saron  a respeito da concentração de iniciativas aprovadas na região sudeste.

 

 

Assista ao webdocumentário interativo A CIDADE inventada em:

                  http://www.acidadeinventada.com.br/#home

 

Fonte:  ZeroHora/Segundo Caderno/Francisco Dalcol (francisco.dalcol@zerohora.com.br) em 11 de maio de 2014.