Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
5





                                              

                            

 

 

 


Desafios em uma Nova Escola
Desafios em uma Nova Escola

DESAFIOS EM UMA NOVA ESCOLA

 

PAIS DE ESTUDANTES QUE MUDARAM DE ESCOLA DEVEM ESTAR ATENTOS AOS SINAIS DOS FILHOS NO PERÍODO DE ADAPTAÇÃO AO NOVO AMBIENTE DE ESTUDOS.

 

O início do ano letivo é tempo de reencontro.  Voltar ao convívio dos amigos é uma das principais motivações dos estudantes no período de volta às aulas.  Mas e quando os colegas e a escola são uma novidade?  Seja por mudança de endereço, situação financeira ou até por pedido do próprio aluno, trocar o ambiente de estudes exige que toda a família se envolva na adaptação.  A recomendação dos especialistas é de que a preparação para quem vai frequentar uma nova escola neste ano comece desde já.

Segundo a professora de Pedagogia da Universidade Federal de Santa Maria, Doris Pires Vargas Bolzan, quanto menor a criança, mais complexa é a mudança:

- A confiança não é algo fácil de ser adquirido pela criança.  Ela precisa conhecer a rotina da escola, quem vai estar na hora do lanche, do intervalo, ou quem vai estar no segundo turno, se é uma escola de dois turnos.

 

 

Um erro comum dos adultos é fazer a matrícula na nova escola sem dar muitas informações à criança.  Nos dias que antecedem o início do ano letivo, é preciso conversar sobre os aspectos positivos que o novo espaço oferece.  É importante deixar claro que a troca de escola não é um castigo.

- A criança tem de participar, e a mudança tem de fazer sentido para ela.  A escola é o ambiente em que se constroem laços que, muitas vezes, continuam por toda a vida, por isso a adaptação precisa ser muito trabalhada – explica a professora de Psicologia da Feevale Lisiane Menegotto.

Ainda que o tempo de adaptação seja diferente para cada aluno, a interferência dos pais e dos professores ajuda a encurtar esse período.  Planejar uma estratégia de aproximação do aluno com o seu novo ambiente escolar costuma ajudar a criar familiaridade.  Atividades simples como um passeio pela nova escola fazem com que o estudante chegue mais seguro ao primeiro dia de aula.  Manusear os novos materiais, como agendas e uniformes que serão usados durante o ano, também prepara a criança para o que ela vai vivenciar na escola.

A tranquilidade transmitida pelos adultos condiciona a adaptação.  Por isso, é necessário tratar a mudança com maturidade.

- Precisamos encarar de maneira positiva, como algo que faz parte da vida.  Porque, às vezes, o pai está mais aflito com a mudança do que a própria criança – afirma Dóris, salientando que conversas com os professores e com a orientação pedagógica dão bases para a atuação dos pais, além de deixá-los mais tranquilos.

 

 

 

COMO AJUDAR

Veja algumas dicas para facilitar a adaptação dos estudantes:

Leve a criança ou o adolescente para conhecer a nova escola antes do início do ano letivo.

Mostre o material da nova escola (agenda, uniformes, material escolar) e ressalte os aspectos positivos no novo ambiente.

Nos primeiros dias, os pais ou algum familiar podem permanecer na escola com a criança.

Observe os sinais do estudante, como o seu humor antes de ir para a escola.

Converse com os professores e com a gestão pedagógica sobre a adaptação.

Procure se aproximar das famílias dos novos colegas dos estudantes, visando encontros e visitas fora da sala de aula.

 

Fonte:  ZeroHora/Caderno Educa Volta às Aulas em 26 de janeiro de 2016.