Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
4





                                              

                            

 

 

 


Cartas e Quadrinhos de Pai para Filho
Cartas e Quadrinhos de Pai para Filho

CARTAS E QUADRINHOS DE PAI PARA FILHO

 

O MUNDO SEGUNDO JOURALBO (Mórula Editorial, 276 páginas) de Jouralbo Sieber, Cynthia B, e Allan Sieber, reúne conteúdos de cartas que Jouralbo enviou para o ilho Allan de 2012 a 2015.  Allan convidou 42 desenhistas brasileiros, argentinos, um peruano e um francês para quadrinizar as 29 histórias.  O próprio Allan assina uma das quadrinizações.

 

O ilustrador Jouralbo está com 86 anos e uma exposição do artista foi inaugurada no Museu do Trabalho (Porto Alegre) dia 21 de junho, com óleos, artes finais e leiautes para a propaganda gaúcha, que ele produziu de 1950 a 1980.  Ele ingressou na Editora Globo em 1945, aos 15 anos de idade, como aprendiz de desenhista.  Em 2010 lançou seu primeiro livro de quadrinhos, autobiográfico.  Ninguém me convidou.

 

O MUNDO SEGUNDO JOURALBO é composto de uma série de memórias, histórias, teorias e divagações, contidas em cartas enviadas ao filho Allan.  Na apresentação, o cineasta Jorge Furtado escreve: “este livro é uma extraordinária criação artística, que ilumina, ensina, diverte, emociona, tudo que um livro faz de melhor, e encanta os olhos e a alma, como só o desenho faz.  E como se isso não bastasse, é também um romance, que revela o interior do homem como só os romances fazem.  É pouco?  Pois este livro é, também, um documentário sobre um personagem, sua época, seu espaço de trabalho, seus amigos, sua fé, seus delírios, sua profissão.  Arte, romance, documentário, este livro reúne um excepcional grupo de talentos, jovens e nem tão jovens desenhistas, para contar as histórias do incrível Jouralbo, uma prova viva da sabedoria de Jorge Luís Borges quando afirmou que “ninguém é impossível.  Enfim, este livro é uma mistura de Raymond Carver, Daniel Clowes, John Fante, fotonovel e curso por correspondência do Instituto Universal Brasileiro.  Não há outro igual, nem parecido, nunca vi”.

 

Muito mais não é preciso dizer.  Mas é bom lembrar o que escreveu o autor na apresentação: “Este livro é para a pessoa que tem fé em algo como a sua religião, o pensamento positivo, o magnetismo ou rituais de magia.  Porque a coisa mais terrível e fantástica que você pensa ou possa imaginar, essa coisa existe.”

 

É isso.  Esse é ´tom das histórias e quadrinhos que falam de infância, juventude, vida adulta, terceira idade, casamento de 60 anos, filhos, coisas simples e complicadas do cotidiano, enfim, as histórias falam de milhões de coisas e os leitores vão associá-las a outros milhões de coisas, como acontece com livros inspiradores ou piradores, como você quiser.  O livro de Jouralbo é, tipo assim, milhões de livros, histórias e quadrinhos para viajar pelo infinito.

 

 

Fonte:  Jornal do Comércio/Jaime Cimenti (jcimenti@terra.com.br) em 25 de junho de 2016.