Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
2





                                              

                            

 

 

 


A Importância da Contação de Histórias
A Importância da Contação de Histórias

A IMPORTÂNCIA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

 

A contação de histórias é vista como uma ação muito particular entre pais e filhos, mas, hoje em dia, a correria impede que esses encontros aconteçam com frequência.  Além de ser um meio de aproximação entre a família, há quem se torne contador de histórias para inspirar crianças dentro de escolas e de hospitais.  Durante séculos, a narrativa dos livros mudava a rotina de comunidades e, atualmente, é uma forma de trazer bem-estar não só ao público infantil, como também para adultos e idosos, em qualquer ambiente.

 

Esse processo de contação de histórias pode ser uma maneira de enriquecer a Educação infantil, pois é um meio que contribui para desenvolver melhor a oralidade e a escrita.  Além disso, escutar o que lhe é contado faz com que a criança trabalhe a imaginação e a criatividade.  Por ser um processo de inclusão, especialmente em sala de aula, o professor pode usar dessa artimanha para captar a atenção dos alunos.  Isso enriquece o repertório cultural e o vocabulário deles.  Não é à toa que uma pessoa que lê tem mais facilidade em montar frases.

 

Todos esses benefícios acontecem muito além do contato com o livro, pois a imaginação é a parte essencial da contação de histórias.  Pedir para desenhar uma cena inspirada em um trecho de determinada obra, conversar sobre valores e discutir a trama em sala de aula influencia no gosto pela leitura e torna a criança em uma futura formação de opinião.  Sem contar que um leitor tem maiores tendências a ser um melhor escritor.

 

Claro que para ser um contador não basta apenas um livro, reunir o público e ler.  O segredo está no recurso dramático, aquele que gera o interesse pela história.  É preciso ter artimanhas lúdicas, explorar diferentes entonações de narrativas, entre outros fatores que alguns cursos de contadores de histórias podem oferecer.  Em cima do aprendizado, aprende-se a explorar melhor a leitura, o que torna o relato ainda mais intrigante.

 

Fonte:  Revista ProcureAche/RS